Detalhe da notícia
|
Em Sumaré, usuários de ônibus terão mais conforto e segurança
06/07/2017
Entrega de estação terminal em Sumaré do sistema Corredor Vereador Biléo-Soares vai beneficiar todos os meses em média 130 mil passageiros

Para proporcionar mais conforto e agilidade no deslocamento diário de passageiros de linhas de ônibus, a Empresa Metropolitana de Transportes Urbanos (EMTU) inaugurou nesta quinta-feira (6) a Estação de Transferência Km 110 (Jardim Maria Antônia), em Sumaré, Região Metropolitana de Campinas.

O governador Geraldo Alckmin participou da entrega do equipamento, que vai beneficiar em média 130 mil usuários por mês. A obra recebeu investimentos de R$ 9,5 milhões, em recursos do Governo do Estado, por intermédio da Secretaria dos Transportes Metropolitanos e EMTU.

A Estação Terminal faz parte das obras complementares do trecho Hortolândia- Sumaré do Corredor Vereador Biléo Soares, na Região Metropolitana de Campinas, cujas obras foram retomadas em maio último.

“Estamos entregando mais uma obra do corredor metropolitano Biléo-Soares. Uma grande obra, com cinco mil metros quadrados de área construída. A partir de sábado, o terminal de ônibus já estará em funcionamento”, disse Alckmin

A Estação Terminal localizada no Jardim Maria Antônia, em Sumaré, possui viário em pavimento rígido com quatro plataformas para oito linhas de ônibus, sendo quatro metropolitanas e quatro municipais. O prédio conta com sala de apoio administrativo, duas bilheterias, bancos e cobertura, para maior conforto dos passageiros.

Futuras entregas

Este ano, deve ser entregue em Americana, as obras do mezanino no terminal e do sistema viário de sinalização vertical e horizontal nas avenidas São Paulo e Europa, além dos pontos de parada Mônaco e Jururema, na Avenida Europa. Em Santa Bárbara D’Oeste, ficarão prontas as estações de transferência São Paulo e Amizade, e as paradas de ônibus Limeira e Algodão.

Em 2018, estão previstas a entrega do viário das avenidas da Fazenda e Laura Santos, em Santa Bárbara D’Oeste, incluindo ciclovia, ponto de parada, serviços de infraestrutura hidráulica, drenagem e sinalização viária; adequação do sistema viário, nas avenidas Pérola Byington, Floriano Peixoto e Tiradentes; Estação de Transferência Ribeirão dos Toledos;  paradas Prefeito Isaias, Tivoli e mais quatro pontos de parada entre a Estação de Transferência Ribeirão dos Toledos; e a ponte sobre o Ribeirão dos Toledos.

A estação tem capacidade para receber 31 ônibus, dos quais 20 fazem percurso metropolitano, incluindo cinco veículos articulados. A estimativa é a de realização de cerca de 500 viagens por dia.