Detalhe da notícia
|
EMTU e Metra anunciam os semifinalistas da Maratona Tecnológica para soluções inovadoras no transporte metropolitano
20/03/2017
As propostas incluem roteirização de serviço, análise das postagens nas redes sociais e o uso do celular para pagamento das tarifas, auxiliando ainda o planejamento do sistema

Foram anunciados ontem, 19/03, os três grupos semifinalistas da 1ª Hackatona Metropolitana EMTU-Metra que apresentarão seus trabalhos na Semana UITP América Latina neste mês, em São Paulo. Um dos grupos terá o direito de enviar um participante a Montreal, no Canadá, para participar da Hackatona de todos os países, durante o Congresso Mundial da UITP, em maio próximo.

Entre as 10 equipes participantes da maratona tecnológica, que durou 34 horas neste último final de semana, na sede da EMTU, em São Bernardo do Campo, os três grupos selecionados foram os seguintes:

 

GRUPO COMPUTER SOCIETY - propôs o desafio para a automatização da roteirização do Serviço Especial Ligado, utilizado para transportar crianças com mobilidade reduzida.

 

GRUPO SALES SOLUÇÕES - desafio proposto foi o aprimoramento das informações para os clientes dos serviços com base na comunicação entre os usuários por meio de aplicativo.

 

TOP DOW – apresentou o desafio em vários aspectos do serviço como o uso do celular em substituição aos cartões eletrônicos para o pagamento das tarifas, para a compra de passagens e informações, por meio de geolocalização, para otimizar a distribuição dos passageiros no sistema.

 

Estas três equipes, formadas por engenheiros, programadores e estudantes, terão a oportunidade de desenvolver uma incubadora (startup) para trabalhar as suas propostas durante o período de seis meses, na sede da EMTU, com base nos dados de gestão e planejamento fornecidos e  apoio dos técnicos e especialistas da empresa, que foram o mentores dos grupos no evento.  

A Hackatona Metropolitana EMTU-Metra, 26ª realizada e a primeira no Brasil dedicada ao transporte público metropolitano, teve como tema “O Transporte Público Sustentável e Acessível Como Centro das Soluções de Mobilidade Multimodal” e contou com apoio da União Internacional do Transporte Público (UITP) e da Fundação Youth for Public Transport (Y4PT).